Roberto Rocha Camargo

poesia consciência de um grande amor

Consciência de um Grande Amor

É TRISTE ESTE TEU OLHAR, ESTA TUA CANÇÃO

DE REBELDIA, ESTE TEU SORRISO TÃO FÁLIDO

ESTA ESTRADA TÃO MARCADA…

EU QUERIA ERA SÓ SER FELIZ, ESTE MEU CANTO

DOS PÁSSAROS, ESTE LUGAR ONDE PASSO ENTRE

RUAS VOU OLHANDO, VOU LEMBRANDO…

O NOSSO AMOR, E POR TUDO AQUILO QUE JÁ FIZ

VOU ME DESCULPANDO, EU SÓ QUERIA SORRIR

CORPO ABERTO, CORAÇÃO AMOR…

É TRISTE ESTE TEU ROSTO QUE TANTO TE

ENGANA, ESTA PALAVRA QUE ME SUFOCA, ESTE

MEDO QUE ME RESUME, EU SÓ QUERIA AMAR…

FALAR VERDADE, FALAR DO TEMPO, DESTAS

COISAS QUE ME FAZEM CHORAR…

LONGE… PARA BEM LONGE SOLIDÃO…

EU QUERIA ERA MAIS SÓ AMAR, CORRER POR

CAMPO ABERTO, POR ONDE EU PUDESSE OUVIR

O CANTAR DOS PÁSSARO, POR ONDE A ÁGUA

PASSA E DEIXA CAMINHOS DE ESPERANÇA…

ONDE EU NÃO FOSSE TÃO JULGADO, TÃO OLHADO

POR ONDE EU FOSSE SIMPLESMENTE UMA NATUREZA

E PUDESSE VIVER SEM ME IGNORAR…

SEM TER QUE EXPLICAR, SEM TER QUE MAGOAR

ESTE TEU OLHAR ME REFLETE ESTA LONGA

ESTRADA, QUE ME FAZ PENSAR ASSIM…

EU JURO! COMO EU GOSTARIA DE TE VER SORRINDO

DE TE VER AMANDO, DE SABER O QUANTO

VOCÊ É CAPAZ…

PASSAR E TE OLHAR DIFERENTE, COM MAIS AMOR

COM MAIS ESPERANÇA, COM O MAIS SUPER DOS

OTIMISMO…

É COM ESTE TEU OLHAR QUE VOCÊ SE AFUNDA, E SE

DEIXA ENTRISTECER

AGORA VOCÊ PODE MUDAR, É SÓ LUTAR…

NÃO MAIS ME OLHE COM ESTE TEU OLHAR

ESQUEÇA ESTA TUA LÁGRIMA

HÁ TANTOS LUGARES POR ONDE VOCÊ AINDA

NÃO PASSOU E POR ISSO NÃO APRENDEU…

É POR QUALQUER DESTINO, NÃO IMPORTA

ESTE TEU OLHAR, QUE TE REVELA NESTA IMENSA

SOLIDÃO, NESTE CAMINHO QUE FAZ, SÓ PORQUE

ASSIM O QUER…

AME COM ESTE TEU OLHAR

NÃO ILUDA COM ESTE TEU OLHAR…

ROBERTO R CAMARGO
20-05-1980

Veja também no Youtube: https://youtu.be/hoaVCMuYgPE

Inscreva-se em nosso Canal no Youtube

poesia azul do céu

[Poesia] Azul do Céu

Em você eu vi todo o azul do céu
Todo o amor escondido nas grandes cidades…
Você conquistou um coração que há
pouco era só lágrimas…

Agora é sorriso por você, nestas
Estradas que tanto já batalhei, encontrei
Você, sorriso aberto, loirinha dos
Olhos verdes que me apaixonou…

Adormeci pensando em você, e por toda
A madrugada sonhei com você, em meus
Braços e acordei na manhã contente
Em saber do meu amor…

Você me fez esquecer o passado e deu
Forças para brigar com o presente e
Esperança para o futuro, nas minhas
Canções um basta para a tristeza…

Agora quero é só sorrir e te gostar
Amando, assim como o sol, como as estrelas, como a lua que clareia nossos sonhos…

Neste chão de ódio… hoje vou transar o mais belo jardim de rosas coloridas para você e pegar em tua mão e correr para lugares onde estes jardins sejam mais coloridos ainda…

Porque você é o meu caminho e neste caminho só quem pode me fazer feliz é você

Roberto R Camargo
17-07-1980

Veja também no Youtube: https://youtu.be/YZKCj64YLF8

Inscreva-se em nosso Canal no Youtube

amor sentido

Amor Sentido

Acordei… Olhei…
Já era sol, pisei no chão
Gelado, caminhei e tropecei…
Ao cair, sorri…

E depois chorei, recordei seu rosto…
Esqueci deste amor
Relembrei seus lábios, seus cabelos…
Estirado senti uma tristeza infinita…
O sol se foi…

O quarto escureceu
Eu fiquei…
Sonhei e o horizonte incolor
Não se foi, o coração doeu, meus olhos vermelhos cansados de tanto chorar…

E não levantei, clareou…
Seu sorriso, outra vez presente na minha lágrima, não mais sonhei…
Levantei do chão gelado…
Continuei e ao sair de meu quarto…

Ilusão se foi, eu olhei não mais vi você e balancei a cabeça…
Perdi Você…

Roberto R Camargo
07-09-1980

Veja também no Youtube: https://youtu.be/Yj7xEzcN1ow

Inscreva-se em nosso Canal no Youtube

esta tudo errado

ESTA TUDO ERRADO!!!

Por onde andastes com tanta solidão
com tanta vontade de gritar e mudar…
Não lhe és suficiente o amor e a paz…
Pois és o que tu desejas, só resta
admitir este teu desejo…

Em quantos olhares você já se iludiu
Se deixou e por pouco não ressuscitou
Nesse próprio olhar você já se decepcionou e reclamou a falta…

É… Talvez a pura ignorância do desejo
Do querer dentro de nós, neste caminho
Que você não traçou e pouco buscastes
a felicidade de entender

Não é comum as pessoas se amarem e
por isso há sempre esta distância
é fácil ser palhaço neste resto de mundo
nesta infinita rotina de gestos e palavras

Por onde quem cria, destrói e por onde quem diz se cala, por onde o sol passa é tudo tão escuro…
Em cada passo um novo sentido, em cada descoberta um novo ferido, é assim que a cada minuto fico muito mais desiludido…

Roberto R Camargo
11-04-1980

Veja também no Youtube: https://youtu.be/DArlIM490J4

Inscreva-se em nosso Canal no Youtube

um coração partido quando reencontra

Um Coração Partido Quando Reencontra

Eu gostaria mesmo, é de estar agora
Com o meu amor… E nada mais
Vivo numa guerra, e nem por isso deixo
O amanhecer escurecer…

Quando olho pro céu as esperanças se
Renovam, e eu continuo o meu caminho
Ao cair da chuva eu me acalmo e
Penso em coisas, em sonhos… vejo você

E meu coração volta a bater rápido
Um amor, uma ilusão, sei lá, uma paixão…
No som uma lembrança me faz sorrir
Me faz chorar

Como tudo é difícil, e até amar uma
Natureza
Dizer e sentir
Ver você e eu no topo da maior montanha
Do universo, o vento deixando sensação…
Algo sensacional…

Tudo se tornou lindo, um mundo virou
E se transformou em jardins, são rosas…
As grilações viraram uma imaginação…

A estrela que mais gosto nasceu todos os dias
Uma “Dalva” lá no céu…
Uma “……………” cá na terra… cá em meu coração…

Roberto R Camargo
12-09-1978

Veja também no Youtube: https://youtu.be/msN6ggTyb6M

Inscreva-se em nosso Canal no Youtube

poesia altos edifícios

Altos Edifícios [Poesia]

Ganho a vida aqui pelas ruas
Canto e me visto de palhaço
Arrecado os trocados que são
Jogados por estas gentes de bom coração…

Nunca me vi sentado numa sala de aula
Jamais percebi sua importância
Não sei falar difícil
E nem tive oportunidade para ser um rei de coroas e castelos…

Passo meus dias aqui pelas ruas
Engolido pelos altos edifícios
Escutando o som dos carros que
Se misturam ao som da minha voz rouca e desgastada…

Adormeço em qualquer praça
Após qualquer copo de leite
E um pedaço de pão o qual, os pagos com alegria…

No frio me perco com os meus
Sonhos e meus pés gelados
No calor aproveito e nem durmo
Pois sempre há gente para me achar engraçado
E trocados me ofertar…

Defeitos não tenho, creio ser perfeito, afinal quem disse
Que ser pequeno como eu, é imperfeito
Ganho a vida aqui pelas ruas
Canto e me visto de palhaço
E lhes digo… Sou Feliz…

Roberto R Camargo
14-09-1984

Veja também no Youtube: https://youtu.be/GtZJoxmPBRM

Inscreva-se em nosso Canal no Youtube

brisa recomeçar a vida

Brisa Recomeçar a Vida

As oito horas a brisa é suave
O sol começa a surgir no horizonte
Um arco íris rebelde se manifesta
Um lua acaba de adormecer…

Suas companheiras nem apareceram em nosso mundo
Mesmo assim os pássaros estão cantando
O parar da chuva, o novo dia que brilhou
A vida retornou…

E as pessoas estão todas as ruas
Sorrisos em lábios, lágrimas em olhos
Um ar de realidade, a presença assustando
A música desabafando, gente sufocando…

A alegre lembrança de poder ser feliz
A triste recordação de nossos caminhos
Cheios de curvas, já foi feito
O esquecimento, hoje vou vivendo
Esperanças vão chegando junto ao meu coração…

Estou aqui apesar do tempo, deixo mas preciso
Peço mas não realizo
Mesmo assim o sujeito a de mudar…

E o céu não parar… para tudo, recomeçar…

Roberto R Camargo
12-09-1978

Veja também no Youtube: https://youtu.be/-Y8vTxNjbGI

Inscreva-se em nosso Canal no Youtube

Vejo em Teus Olhos

Vejo em teus olhos uma ternura
Infinita
Sinto em teus lábios o doce sabor
Da Paixão

Escuto em tuas palavras a meiguice
Menina que me despertou para o amor
Vejo em você todas as cores do arco-iris

O dom de me cativar e animar os
Horizontes
Nos mares ou na fazendas quero você

Para sempre tu penetrou em meu coração
E trouxe a ele a alegria de viver sorrindo
Vejo em você os anos deste futuro promissor

Que quero construir castelos e montanhas
Mundos em nosso mundo
Viajar pelos campos

Plantando e colhendo as flores como você
Lhe entrega as rosas símbolos dos amores
E fazer destes nossos abraços as cirandas felizes

Vejo em você tudo aquilo que sempre quis
E os lugares são reais, agora que tenho você…

Roberto R Camargo
19-10-1984

Veja também no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=eo_9jRsk4Bs

Inscreva-se em nosso Canal do Youtube

poema pra lá de cachoeira

Pra Lá de Cachoeira

Nasce Mar
Amar merece
Recebe cárcere
Porém, isolado não vive…

Revive saudade
Beira mar a andar
Sem cessar
Em busca do Amar…

Renasce e vai
voltar enquanto
Luar Brilhar
Quer namorar

Esquecer o que
faz chorar
E ir, rindo à brincar
Criança festejar
Alucinar olhar, horizonte…

Colorir, nasce mar por dentro
Renasce sentimento
Que vem acariciar, animar para ficar…

Perambular pelos ares
Criar fantasias pra estas gentes que só
Veem o ridículo e não o sensível do amar…

Roberto R Camargo
07-10-1984

Veja também no Youtube: https://youtu.be/ha4oY790Qr0

Inscreva-se em nosso Canal do Youtube

poema momentos antes

Momentos Antes

Momentos Antes
Antes dos descabidos
Absurdos de embriagues

Me vi solitário de Alma e Coração…

Perdido pelos campos
Perdido pelas Palavras
Perdido e ardido, sem ter o que Viver…

Viver outro alguém… ninguém

Possuía estes olhos sensíveis
Meigos…

Amigos, ninguém me abrirá o coração
Momentos antes
Antes eu não me encontrava a vontade para dizer
Coisas minhas e saber coisas de outro alguém…

Alguém que me fez tão feliz durante e após a
Embriaguez que me vi livre da solidão
Ao seu lado desejando amor…

Roberto R Camargo
06-10-1984

Veja também no Youtube: https://youtu.be/8I6ot1XnGAE

Inscreva-se em nosso Canal do Youtube

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: