poesia jeito de ser

Jeito de Ser

Favor não se aproximar
Não posso viver ilusão
Sinto algo, sinto por não

Poder dizer…

Mas quem sabe algum dia
Em algum lugar
Em uma manhã

A toda hora do meu coração
A todo o vapor
De meu corpo…

Sem a censura, sem os obstáculos
A favor do vento
Ao agrado das multidões…

Ao encontro do natural
Simplesmente um jeito de ser…

Roberto R Camargo
12-09-1978

Veja também no Youtube: https://youtu.be/7Pqpp12lVR4

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
%d blogueiros gostam disto: